Festas típicas brasileiras




Nosso país possui uma diversidade cultural imensa em razão da sua grande extensão territorial e influências de imigrantes, o que por sua vez trouxe inúmeros costumes desde manifestações religiosas, folclore até comemorações típicas de cada região, além de datas comemorativas que são celebradas por todo o país.

Algumas comemorações viraram festivais típicos em todo território nacional o que gera uma movimentação maior de turistas que procuram além da beleza do ambiente, estes buscam ter novas experiências.

Nosso país é multicultural de forma que existem milhares de costumes e festas, mas, nesse artigo vamos falar das principais festas típicas e para não nos delongarmos muito, fizemos isso por região. Vamos as mais conhecidas festas típicas, confira abaixo!

FESTAS TÍPICAS DE CADA REGIÃO

REGIÃO SUL

É notório por todo país que a grande paixão do Rio Grande do Sul é o tradicional churrasco, de forma que existe no ano sua participação em uma das maiores festas dessa região: a FESTA TROPEIRA, a qual possui um parque somente para isso que é o parque tropeiro em Porto Alegre o qual faz uma festa em comemoração ao movimento Farropilha, sendo essa festa dita como Semana Farropilha que acontece no mês de setembro.

As comidas típicas mais conhecidas são: o arroz-de-carreteiro e o salame de porco, não podendo faltar o bom chimarrão, feito com erva-mate, tomado em cuia e bomba apropriada, é uma marca registrada do sul.

Como dissemos anteriormente o nosso país é muticultural, nessa região a colonização italiana introduziu a produção de vinho, em especial na região da Serra gaúcha, indo até o Estado do Paraná.

Outra comida típica do sul é o barreado, prato típico do litoral do Paraná composto por uma mistura de carnes, preparada em panela de barro e acompanhada de farinha de mandioca e banana.

Já em Santa Catarina, temos a festa mais famosa do país em Blumenau a Octoberfest, de origem alemã se dá nessa região também em razão da colonização alemã predominante nessa área, além dos chopps e cervejas artesanais o atrativo principal gastronômico é as salsichas alemãs, joelho de porco e as tortas de maçã ( Strudell) de mesma origem.

REGIÃO SUDESTE

Em nosso país as festas são de janeiro a janeiro, de norte a sul do país, com muitas atrações culturais com roupas tradicionais, comidas típicas, danças folclóricas e música regional. Uma das coisas que mais podemos difundir é a gastronomia das festas típicas.

Na região sudeste a festa mais aclamada no mundo todo é o carnaval que atrai turistas brasileiros e estrangeiros para prestigiarem os desfiles das escolas de samba, nesse cenário a comida típica mais aclamada é a feijoada com laranja e arroz branco, além de acompanhamentos como: farofa e uma boa salada tudo isso acompanhado de uma boa e gelada caipirinha de limão.

Com certeza nessa região esse é um prato típico e muito consumido nessa época do ano, sendo também muito consumido em outras regiões do país, mas, predominantemente nessa área.

Há que se ressaltar que a gastronomia dessa região é bem diversificada, e possui elementos da culinária indígena, dos escravos africanos e dos imigrantes europeus.

Entre os principais pratos típicos da região estão: feijoada, feijão-tropeiro, farofa, cuscuz paulista, moqueca capixaba, angu, frango com quiabo, pão de queijo, cachaça de alambique, entre outros.

REGIÃO CENTRO – OESTE

A cultura do Centro-Oeste brasileiro é bem diversificada com contribuições principalmente indígenas, paulistas, mineiros, gaúchos, bolivianos e paraguaios uma verdadeira mescla de costumes.

Possui em geral inúmeras manifestações culturais típicas, como, por exemplo: a cavalhada, no estado de Goiás; o cururu, em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul; além da culinária como o arroz com pequi, sopa paraguaia, arroz carreteiro, arroz boliviano e muitas outras comidas típicas.

Por exemplo, em Goiás as festas mais aguardadas do ano são a Cavalhada e a Procissão do Fogaréu.

As Cavalhadas é uma espécie de apresentação teatral ao ar livre em que homens montados a cavalo representam uma luta medieval entre Cristãos e Mouros se trata de uma representação de origem Portuguesa.

Na comemoração de Páscoa acontece a Procissão do Fogaréu, na quarta-feira da Semana Santa é um evento que tem cerca de 10 mil turistas no ano.

Já no Mato Grosso do Sul se destacam as danças como o cururu, siriri, guarânia e os pratos típicos: arroz boliviano, caribeu, farofa de banana, sopa paraguaia, arroz carreteiro, farofa de carne.

Sendo bem importante ressaltar que o arroz com pequi é um prato muito popular nessa região, sendo o pequi uma fruta que geralmente é consumida pura, com frango ou com arroz.

Ainda temos como gastronomia típica, porém, bem conhecida em outras regiões: O bolinho de mandioca o qual costuma ser recheado com carne moída, carne seca ou queijo.

Também temos como comida típica dessa região a chipa, que não raramente encontramos nas padarias em outras regiões do país, sendo um prato original do Paraguai que se popularizou e se tornou típico da Região Centro-Oeste do Brasil.

REGIÃO NORTE

O folclore da Região Norte, um pouco diferente dos demais tem uma culinária específica, além de lendas que são conhecidas por todo o país com um folclore super interessante e cheio de histórias, nessa região também há uma vasta manifestações artísticas, que contam com crenças, festas populares, culinária, danças, entre outros.

Algumas lendas da região são de origens e raízes de cultura indígena que assim como em outras localidades do país, são transmitidas de geração a geração, principalmente de forma oral e nesses festivais é muito presente com alegorias, encenações, comidas e etc.

As principais festas da região norte são:

• Festival de Parintins realizada em junho, no Estado do Amazonas ocorre num local chamado de Bumbódromo, sendo sua principal atração a disputa de dois bois, o Garantido (representado de vermelho), e o Caprichoso (representado de azul). A lenda diz que um homem (“Pai Francisco”) o qual teria matado o melhor boi do patrão a fim de saciar o desejo da sua mulher (Mãe Catirina), que estava grávida e com vontade de comer a língua do animal;

• Folias De Reis também chamada de Festa de Santos Reis tem origem de uma tradição cristã de origem portuguesa e espanhola, que fora trazida para o Brasil no século XIX, sendo celebrada na religião católica com o intuito de comemorar a visita dos três Reis Magos (Gaspar, Melchior - ou Belchior- e Baltazar) ao menino Jesus;

• Festa do Divino tem origem de Portugal do século 14, com uma celebração estabelecida pela rainha Isabel (1271-1336) por ocasião da construção da igreja do Espírito Santo;

• Festa Junina/Julina, essa com certeza se espalhou pelo país todo, com sua dança de quadrilha, chapéus e roupas de zinhazinha e zinhozinho, bem como, as comidas típicas como: pastel, quentão, paçoca, cachorro quente, doce de abóbora e etc;

Outra comida típica da região norte e presente nas festividades é o tacacá com raízes indígenas é uma sopa com tapioca, camarão seco, pimenta e tucupi, nome de um molho preparado com mandioca e jambu que acompanha o pato ou o peixe.

As sobremesas vão desde doces de castanha-do-pará e frutas típicas: açaí, cupuaçu e graviola e bolo de macaxeira, sendo ainda, como parte importante da cultura gastronômica a aguardente de cana-de-açúcar, ou cachaça, que se encontra em todo o território nacional. Sua popularidade pode ser medida pela quantidade de sinônimos que a imaginação popular deu a essa bebida de alto teor alcoólico.

REGIÃO NORDESTE

Com certeza quando se fala de nordeste, logo pensamos em uma das regiões mais incríveis do mundo para o turismo, muito conhecido pelo litoral cheio de lindas e deslumbrantes praias com muitas belezas naturais e com toda certeza por si só já é um grande atrativo para os turistas.

Além das praias maravilhosas, o nordeste conta ainda com as irresistíveis festas populares no Nordeste.

Pense em uma festa animada e com muita alegria e de quebra em um cenário incrível com trilhas, praias, enseadas, cachoeiras, certeza que é diversão na certa não é?!

A cultura do Nordeste tem uma vasta gama de culturas herdadas da influência da cultura dos negros, dos colonizadores portugueses e também dos índios sendo uma fonte inesgotável de aprendizado e beleza.

Cabe citar ainda que a cultura representa em suas cores, comida, músicas, danças toda a sua história e origens com muitos costumes e conhecimentos, crenças, artes, literatura popular, além dos cultos religiosos que se faz muito presente nessa região.

De forma que o nordeste é um convite para todos nós, mas você sabe quais estados estão inseridos no que chamamos de nordeste?

Essa região tal aclamada é formada pelos estados do Ceará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Sergipe, Alagoas e Bahia, acabou desenvolvendo uma identidade própria.

E como não podemos afirmar então que a Região Nordeste conta com uma diversidade cultural extremamente grande?! Sendo que esta tem uma forte predominação de suas raízes desde sua formação até os tempos atuais, composto por festas típicas como:

Capoeira

Ué a Capoeira não é uma luta, uma atividade física?Sim, mas é muito mais que isso! É uma atividade que pode ser considerada uma dança e que representa muito bem a sua região, sendo que esta possui eventos próprios.

Uma roda de capoeira traz consigo a união das pessoas, convidando a todos a fazer parte de sua dança, seja como espectador ou como participante. Não poderíamos citar festas e expressões artísticas das regiões sem mencionar a capoeira, por muitos considerado um meio de confraternização.

Festa do Frevo

Essa é mais conhecida não é verdade?! Sua principal característica é a dança que foi criada por meio da capoeira (acima mencionada), sendo realizada no carnaval de Pernambuco tradicionalmente.

É dançando frevo que as pessoas podem realizar movimentos similares a capoeira normalmente o acessório para essa dança é um pequeno guarda-chuva e roupas com cores vivas e alegres.

Maracatu

Considerada uma espécie de cortejo que tem origem em Recife, com muita música e alegria, sendo utilizado os mais diversos instrumentos, incluindo o xangô, que está presente também no Candomblé.

Bumba meu Boi

Outra festa que todo mundo um dia já ouviu falar não é verdade?!

Tradicionalmente realizada na cidade de São Luís, capital do Maranhão, nos meses de junho e julho, ganha ainda mais cores com a festa “Bumba meu Boi”. É a principal festa da cultura popular da região Maranhense, realizada em homenagem a São João, o protetor do auto.

O bumba meu boi surgiu século XVIII e continua envolvendo os que moram em São Luís, sendo que no decorrer dessas festividades, as pessoas acabam ocupando todas as partes do município com grupos de todo o Maranhão, cantando e dançando por muitas horas.

A lenda que envolve essa festa, conta que um fazendeiro da região viu seu boi preferido morto e, então, foi até o pajé para ressuscitá-lo. Depois de alguns rituais indígenas serem realizados, o animal reviveu e começou a dançar feliz ao lado de seu dono.

Se trata de uma festividade folclórica, que gira em torno de um personagem que se veste de boi fazendo várias coreografias ao som de músicas regionais. Com esse personagem marcante, a festa conta com muitos outros do Brasil colonial participam também, como o senhor de engenho, o escravo, o capitão do mato, o cobrador de impostos e o vigário.

COMIDAS TÍPICAS DA REGIÃO NORDESTE

Falou em comida típica logo vem a cabeça as comidas de milho e de coco são típicas da época, entre elas a canjica, a pamonha, o bolo de milho, o pé de moleque preparado com massa de mandioca, o milho assado, o milho cozido, o quentão e muito mais.

As mais tradicionais comidas consumidas nas festividades são:

• Tapioca de carne-seca;

• Cuscuz com queijo;

• Acarajé baiano;

• Paçoca de carne-seca;

• Bolinho de baião de dois;

• Escondidinho de carne-seca com abóbora e mandioca;

• Canjica com carne-seca;

• Mungunzá de costelinha e bacon.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Vimos nesse artigo que nosso país é rico culturalmente, citamos aqui as festas típicas principais, sendo que possuímos muitas outras festas com as mais diversas origens. Vimos também que nessas festas típicas é predominante algumas receitas da própria região, sendo que tais alimentos também podem ser encontrados em outras regiões do país, como, por exemplo a Feijoada, Chita, Bolinho de Mandioca, Churrasco entre outras.

Esperamos que com nosso artigo Você tenha viajado um pouquinho pelo nosso maravilhoso país! Até a próxima e continue nos acompanhando!


0 visualização

Siga-nos em nossas redes

estamos presentes no Facebook, Instagram, YoutubeTwitter

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube

Nossos Cardápios

Buffet de Churrasco em Domicilio (19).jp

Churrasco Peças

Buffet de Churrasco Peças em Domicílio

 

Buffet de Feijoada em Domicilio (45).jpg

Comida Mineira

Buffet de comida mineira em domicílio

Buffet em domicilio Internacional (29).j

Bacalhoada

Buffet de Bacalhoada em domicílio

IMG_1057.jpg

Churrasco Espetinhos

Buffet de Churrasco espetinhos em Domicílio

Buffet de Feijoada em Domicilio (50).jpg

Comida Sertaneja

Buffet de comida sertaneja em domicílio

Buffet em domicilio Internacional (24).j

Paella

Buffet de Paella em Domicílio

feijoada.jpg

Feijoada

Buffet de Feijoada em domicílio

Buffet de Feijoada em Domicilio (64).jpg

Boteco em Casa

Buffet de Boteco em domicílio

Buffet em domicilio Internacional (20).j

França

Buffet França em domicílio

Contrate o melhor Buffet de Churrasco em domicílio

Atendemos todos os bairros de São Paulo : Vila Mariana, Brooklin, Morumbi, Vila Mascote, Vila Maria, Mooca, Jabaquara, Moema, Belém, Tatuapé, Tucuruvi, Tremembé, Vila Sônia, Vila Prudente, Vila Medeiros, Vila Matilde, Vila Mariana, Vila Maria, Vila Leopoldina, Vila Guilherme, Santana, Jardim São Bento, Jardim São Paulo, Vila Formosa, Vila Curuça, Vila Andrade, Tucuruvi, Sacomã, Sé, Saúde, Sapopemba, Santo Amaro, Santana, Santa Cecília,  Rio Pequeno, República, Raposo Tavares, Ponte Rasa, Pinheiros, Perdizes, Penha, Parque do Carmo, Pari, Lapa, Liberdade, Limão, Mandaqui, Moema, Móoca, Morumbi, Itaim Bibi, Ipiranga,  Freguesia do Ó,  Alto de Pinheiros, Anhanguera, Água Rasa, Barra Funda, Bela Vista, Belém, Bom Retiro,  Cursino, Consolação, Casa Verde, Carrão, Cangaíba, Campo Belo, Cambuci, Jaguaré, Jaçanã, Jabaquara. E cidades vizinhas: Guarulhos, São Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano, Diadema, Alphaville, Barueri, Santana do Parnaíba, Jundiaí, Vinhedo, Mairiporã, Arujá, Mauá, Ribeirão Pires, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Cotia … toda região metropolitana.